Duram em média 10 anos, não partem com facilidade e ajudam-no a poupar 100 euros por ano. De que está à espera para mudar para as lâmpadas LED?

Conta da luz elevada? Troque as lâmpadas!

O jornalista Pedro Andersson, da rubrica da SIC Contas-Poupança, foi saber se de facto compensa trocar as lâmpadas clássicas de halogéneo pelas LED, visto que estas últimas são mais caras.

A resposta surgiu através do simulador do site EcoCasa da Quercus: basta introduzir o número de lâmpadas, o casquilho, a potência da lâmpada de halogéneo e o tempo médio de horas de utilização. De acordo com a simulação do jornalista, poupará por ano 112,87 euros na conta da luz.

Ou seja, o preço de uma lâmpada LED nem chega a ser encarado como desvantagem, porque compensa e muito a longo prazo. Além disso, no mercado não faltam opções entre os dois euros e os dez euros: Pedro Andersson até diz que já encontrou a sua favorita!

Baixo consumo e tempo de vida

Estas são duas das grandes vantagens das lâmpadas LED – Light Emitting Diode ou, em português, Díodo Emissor de Luz. Como funcionam com base no princípio da eletroluminescência, isto é, a emissão da luz através da passagem de energia, o processo torna-se bastante eficiente podendo representar uma poupança de 80% face às lâmpadas incandescentes e de halogéneo.

E quando comparadas às lâmpadas incandescentes, as vantagens ainda são mais óbvias. O tempo médio de vida de uma boa lâmpada LED é de 10 anos enquanto o de uma lâmpada incandescente é de apenas um. Além disso, as LED podem proporcionar-lhe cerca de 50 mil horas de iluminação sem qualquer problema. Mas as vantagens não ficam por aqui. Sabia que são resistentes ao choque, não partem com facilidade, não libertam calor porque a energia é direcionada para a iluminação e estão disponíveis em vários tons?

Como escolher a mais adequada?

A EDP dá uma ajuda. Para começar deve escolher o tipo de casquilho e em seguida selecionar a temperatura da cor mais adequada consoante pretenda criar ambientes mais acolhedores ou estimulantes.

No que diz respeito à potência, aconselha-se que escolha algo entre os 750 e 800 lumens para facilitar a transição da lâmpada incandescente para a LED. Por último, há que ter em conta o grau de abertura da lâmpada LED, que pode variar entre 15, 35, 60, 120 graus, de forma a assegurar a distribuição adequada da luz.

A EDP vai a sua casa e faz a troca 

Se marcar com a EDP uma troca de todas as lâmpadas de halogéneo que tem em sua casa pelas LED ficar-lhe-á a 1,64 euros por unidade. Assim, a entidade garante uma poupança imediata na aquisição do produto e a longo prazo na conta da luz – menos 86% – e tudo sem ter de sair de casa!