Se por alguma razão que desconhece não consegue poupar e já tentou de tudo, como aplicações, livros ou até métodos como o desafio das 52 semanas… Então talvez esteja na hora de ter umas aulas de educação financeira com a MoneyLab.

Mais qualidade de vida

É isto que o projeto MoneyLab lhe promete: ao longo do tempo o projeto irá dotá-lo de sólidos conhecimentos financeiros, das ferramentas necessárias para que consiga assegurar a sua independência económica e ensinar-lhe a importância de desenvolver uma cultura de poupança.

Como? Através de programas e workshops adequados à idade e às necessidades das pessoas que os procuram. Orçamento e Poupança, Investimentos, Finanças Pessoais Para Mulheres e Coaching Financeiro são as formações contempladas na MoneyLab para os adultos. Para as crianças existem laboratórios e colónias de férias.

O que se aprende nas formações?

A formação Orçamento e Poupança, por exemplo, visa o equilíbrio das finanças pessoais e por isso aborda tópicos como a definição de prioridades na construção e gestão do orçamento familiar; a introdução de conceitos de crédito, endividamento e os cuidados a ter; princípios básicos da poupança; educação financeira para crianças; princípios básicos da reforma e introdução à poupança para a reforma. E tudo funciona numa base teórico-prática!

O rosto por detrás da MoneyLab

A fundadora do projeto MoneyLab é a editora do Jornal Econónico e também comentadora de economia Bárbara Barroso. Durante o seu percurso académico licenciou-se em Ciências da Comunicação e da Cultura, formou-se na área da banca através do Intituto de Formação Bancária e frequentou ainda o curso de consultoria financeira pessoal pela Universidade de Boston.

Já trabalhou no Dinheiro Vivo, no Jornal de Notícias e no Diário de Notícias – sempre no setor financeiro – e a somar a tudo isto ainda lançou dois livros de finanças pessoais: “19 Passos para Sobreviver à Crise” e “Tempos Complicados, Soluções Simples – Saiba Como Gerir Melhor o Seu Dinheiro”.