Controlar despesas, gerir pagamentos e simular o retorno das poupanças são os primeiros passos para quem procura poupar no dia-a-dia. Pode parecer uma tarefa difícil, mas há um conjunto de aplicações gratuitas que o podem ajudar.

Basta ter um telemóvel, tablet ou pc

Com a aplicação O Meu Dinheiro lançada pela DECO já pode de forma simples e intuitiva elaborar, gerir o seu orçamento familiar e traçar um plano financeiro para o seu futuro a custo zero.

Para tal só tem de aceder ao site e criar o seu orçamento anual em cinco passos: definir o agregado familiar, selecionar as categorias que quer e necessita, registar receitas e despesas e definir uma poupança mensal.

Para além disso, a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor recomenda ainda duas aplicações muito úteis à sua poupança: a Spending Tracker (iOS e Android) e o Gerenciador Financeiro (Android).

A primeira permite-lhe, a partir de um disposito iOS ou Android, personalizar as categorias de receitas e de despesas de acordo com a sua realidade e perfil de consumo. Mas não só: esta ferramenta consegue fornecer relatórios estatísticos semanais, mensais ou anuais e elaborar gráficos de divisão ou de evolução de categorias. Outra boa opção para Android é o Gerenciador Financeiro, uma ferramenta de gestão de finanças pessoais que regista todas as receitas e despesas do seu dia-a-dia.

Be My Wallet: controle as suas despesas em qualquer lugar

Esta ferramenta dedicada especialmente à gestão do orçamento familiar está disponível para computadores, smartphones e tablets e envolve um conjunto de ações que o ajudam a ganhar um maior controlo sobre as suas despesas: pode definir um plano de poupança, organizar despesas (renda, alimentação, transporte, gás, etc.) e receitas por categorias e estar a par dos seus padrões e tendências de consumo (semanais ou mensais). E melhor: pode associar as fotografias de recibos e faturas a cada registo.