Daniel Radcliffe, o ator que dá vida a Harry Potter, conseguiu com apenas 27 anos ter uma fortuna avaliada em mais de 80 milhões de euros. Mas não é por isso que anda por aí a esbanjar dinheiro: o jovem feiticeiro é conhecido por ser magicamente “poupadinho”.

Não gaste o que não tem

Para o ator Daniel Radcliffe ter dinheiro amealhado é sinónimo de ausência de preocupações face a imprevistos que possam surgir no futuro, seja de que natureza for. E é precisamente esta ideia que, segundo ele, é preciso ter em mente: poupar conduz à independência financeira permitindo-nos ser livres para viver a vida de uma forma mais desafogada e plena.

O primeiro passo? Não gastar além das suas possibilidades! Em seguida é preciso esquematizar a poupança. Comece por definir como vai colocar algum dinheiro de parte e estipular depois um valor em concreto. Se nunca o fez antes, o ideal é que mal receba o ordenado pague as suas contas, ponha algo de parte para o seu dia-a-dia e o que sobrar transfira logo para uma conta com este propósito.

Dividir gasolina entre colegas de trabalho, tomar café em casa, evitar extravagâncias e render-se à moda da lancheira também são pequenas coisas que vão ajudar as suas finanças. Por outro lado, pode optar por pôr os seus hobbies a render e dar um empurrãozinho ao seu capital: se gosta de cozinhar nas horas vagas, por exemplo, pode começar uma espécie de pequeno negócio e fazer comida para fora.

Crédito: melhore os registos

Tem um cartão de crédito? Então é preciso que tenha em dia todos os registos: saber onde e em que gastou o dinheiro vai ajudá-lo a poupar e, mais importante, permite-lhe identificar os gastos desnecessários e perceber o que pode melhorar. Note que o bom uso deste meio de pagamento pode facilitar-lhe a vida, mas só se for utilizado com conta, peso e medida.

Investir o dinheiro 

Fazer investimentos variados também é uma das estratégias que o ator britânico utiliza para pôr a poupança a render. Se não quer ser tão ousado como Radcliffe e prefere jogar pelo seguro, pondere investir num Depósito a Prazo. O seu pé-de-meia ficará a crescer durante três, seis, nove ou mais meses, se assim preferir, e não corre o risco de perder o seu dinheiro.